-->

Itália - Parte 4 - Florença

terça-feira, maio 15, 2018


Depois de Veneza seguiu-se Florença. Tudo muito castanho e antigo. Muito pouco ou nada verde. E aqui sim, mais outro tanto a caminhar (eu deveria ter feito a contagem dos kms feitos naquela semana)... Falar em Florença é falar nas artes, em Leonardo da Vinci, na Mona Lisa,  nas Galerias Uffizi, no Duomo... Faz-me lembrar dos filmes dos livros de Dan Brown. Porque será?!
Há imensa gente nas ruas. Páram em qualquer sitio para conversar, sentam-se para apanhar um pouco de sol e apreciar música ao vivo...

Aqui vão as fotos...

Em Florença o que se vê mais são motas. Vê-se estacionamentos de motas até mais não. Passam a voar e estão por todo o lado. Desculpem lá mas acho que mereciam uma foto digna!


Num mercado, perto do hotel em que ficámos.


O pormenor das fachadas é lindo...


No Duomo de Florença


Equanto esperava para entrar para o Duomo, algo a decorar uma esplanada. Não é lindo?!






Fomos ao museu do Leonardo da Vinci. O namorado adorou. Já vos digo porquê.


No museu. O mais perto que estive da Mona Lisa. ahahah...


No museu do Leonardo (acho que posso tratá-lo assim...) podemos ver as várias obras e descobertas dele. E aqui está a explicação no porquê do namorado ter delirado. É que o Leonardo esteve na origem da bicicleta. Ah pois é... o que seria o meu namorado sem o Leonardo?! Se fosse vivo o mais certo era ele ir dar voltas com ele e mandar-me passear...


Eu e as montras. Há uma linha que nos separa. Fico sempre do lado de fora...
Volto a dizer...eu não nasci para ser pobre!

 
Escorpião sempre! (Detalhes nas ruas)



"Gosto tanto de você...leãosinho"


Claro está, o chocolate devia perseguir-me. No meio de tanto andar fomos parar a um mercado de chocolate... E davam a provar e tudo. Aproveitei logo ali para restabelecer as minhas energias. Parecem ferramentas não parecem? Pois são... mas em chocolate!




O que eu caminhei para chegar até aqui. Não vos digo nem vos conto. Nem é bom lembrar.



O David. Não há cá formalidades. Quem se coloca assim, nú, não precisa de formalismos.



A primeira ponte que se vê, parece uma simples ponte não parece? Mas não é. De um lado e do outro, de uma ponta à outra, tem lojas de joias... Passámos lá. E a correr muito.... ahahah
Dá para ver o Duomo. O hotel ficava um pouco mais para trás. Já dá para ver o que caminhámos.



You Might Also Like

1 comentários

  1. Por acaso não conheço Florença, mas parece-me um lugar encantador! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar