-->

Deixar ir

quinta-feira, setembro 07, 2017

      Algures no tempo...

❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋ 

Não sei o que te vai na cabeça. Há coisas que não consigo perceber...quanto mais entender. A minha vontade, mais sincera, é dizer-te "Não". Chega! Chega de dúvidas e perguntas. Não estou para isto nem para aturar as tuas mudanças de personalidade que te invadem com a mesma força de um furacão. Tenho mais que fazer e com que me preocupar. Essa tua indiferença deixou de ser indiferente. Já não tenho idade para perder tempo. E tu também não. Quero mais. Mais além...Já não estamos no mesmo patamar. Já não caminhamos juntos. Já não partilhamos a vida. Já não temos o mesmo mundo e os mesmos sonhos.
O coração não quer. Tem medo de partir mas sabe que não pode ficar. Tem receio de perder mas sabe que nunca irá ganhar a batalha e muito menos a guerra.

 Por isso, quero ir. Deixa-me ir....
...
E ela foi!
❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋   ❋ 

You Might Also Like

6 comentários

  1. às vezes temos de deixar ir o que não nos faz bem ...

    r: tens de ler, o mais conhecido da autora é "a filha da minha melhor amiga"

    ResponderEliminar
  2. Quando assim é o melhor, PARA TI (porque é em ti que tens de pensar) é ir.
    Permite-te a ir, a avançar.
    Agora o coração até pode doer, mas como tudo, nada é eterno.
    E essa dor também não será.

    ;)

    A Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também acho que é nisso que a pessoa deve pensar!

      Eliminar
    2. Reparei agora que escrevi como se fosse para 'ti'. Desculpa, entusiasmei com a veracidade do texto e ando um bocado com as emoções à flor da pele, não sei bem porquê... :P

      A Marta

      Eliminar
    3. Não faz mal... O que disseste serve para toda a gente, incluindo para mim!

      Eliminar