quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Vamos lá ver como está essa coisa

Ontem fui ao dentista. Já andava a adiar a consulta à não sei à quanto tempo. E era só para chegar lá, abrir a boca e a médica avaliar como estava a coisa. Mas lá fui. Tinha de ir. Eu também precisava de saber e ficar descansada.
Em Fevereiro deste ano fiz uma cirurgia em que me foi retirado um pouco de "tecido" do céu da boca e colocado na gengiva inferior e ao mesmo tempo cortei o freio (aquele fiosinho que segura o lábio à gengiva). Num dos meus dentes principais da parte de baixo não tinha quase gengiva nenhuma porque esse freio puxava a gengiva sempre que eu falava ou movimentava o lábio. Podia ter só cortado o freio mas a verdade é que notava-se que não tinha gengiva (quer dizer eu notava porque o lábio tapava) e tinha bastante sensibilidade nesse dente. Uma vez que eu não estava bem decidi fazer a cirurgia. De mal não teve nada.
Foi uma cirurgia simples mas que exigiu todos os cuidados e preparação para tal. Tive que fazer antes consulta para limpeza uma vez que a boca tem de estar o mais esterilizada possível. Corria sempre o risco de a gengiva não aceitar o enxerto. Fiz esta operaçãosinha assim que voltei dos Açores (saudades!) e fez-me lembrar da altura em que usei aparelho (sim, usei aquela coisa nos dentes!). Não não conseguia falar nem mastigar o que fosse porque tocava no céu da boca. Bem dita seja a minha sopinha de espinafres! (uma semaninha assim...até fez bem à linha!).
Bem, de Fevereiro ia á dentista todos os meses para a doutora avaliar o processo. E analisar se a adaptação ao meu próprio tecido estava a correr dentro da normalidade. Hoje, estivemos juntas a ver as fotos desde o inicio da operação e está muito bom (e eu lá ia rejeitar-me?!). Não está perfeito porque eu tinha pouco tecido e o que ela conseguiu tirar não foi suficiente para tapar o que faltava de forma a ficar ao mesmo nível que está nos outros dentes. O que significa que posso a vir a ter que fazer novamente todo o processo mas isso veremos em Fevereiro do próximo ano. As células ainda estão em regeneração e demoram algum tempo. 
Confesso, que uns meses depois de fazer pensei que mais valia não ter feito nada. Achava que estava na mesma e que tinha ficado pior do que estava. mas enganei-me. Hoje, ainda com alguns receios mas que depois de ver as fotos se desvaneceram e de conversar com a doutora percebi que eram medos infundados. Está muito, mas muito bom. Mais do que se esperava. Ainda não esta posta de lado a repetição do procedimento mas o que importa é que estamos no bom caminho.
A minha linda doutora diz que eu estou de parabéns uma vez que tenho feito um bom trabalho (é preciso ter um certo cuidado a lavar os dentes). Mas ela também está. Porque fez o dela perfeitamente bem. A dedicação e preocupação que demonstra naquilo que faz só pode trazer bons resultados. Para ela e para o paciente.
E assim, contente sai do consultório mas como só nos vemos no próximo ano, já desejámos uma a outra Feliz Natal!! ☺

(Foto: Meu telemóvel)

6 comentários: